Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2008

Bipolaridade .D

éé .. to postando novamente .D

a cara, a vida ta rotina pura, sem nada de diferente acontecendo. Vida plastica de prache ¬¬
sobre o ultimo post, sem quase nenhum comentário: eu só espressei o que estava sentindo, muito bem por sinal, e me sinto aliviada por isso ,)
Obrigado por se importarem comigo .x

Hoje, despedida com a Carla *-*
Cantina da Serra purinha, eu nem sabia que eu ficava totalmente calma com vinho quente x;

Lendo pra caramba, e parace que os personagens me perseguem oO

- Os Funerais do Coelho Branco !
- A menina que Roubava Livros !

gente façam o blog fazer sucesso poxa vida ;}

eu tava percebendo hoje, eu sou bipolar .DD

Olhei mais não vi .

Hoje eu tenho algo a revelar, tenho algo que eu nem imaginaria que aconteceria essa manhã, algo clichê no qual acontece em musicas tristes e em alguns devaneios.

Pois bem,
Esta tarde, entrei na internet com o intuito de encher de perguntas varias pessoas, de bater boca e de dizer eu te amo de verdade verdadeira. Contudo, a cara rumo que minha conversa ia tomando percebi que eu estava errada em tentar brigar pelo que eu penso e que não conseguiria mudar o mundo em si; algumas frases aleatórias de pessoas diferentemente importantes pra mim me causou nó na garganta, descutir parou de valer a pena no instante da primeira lagrima caida no teclado, eu a fitei com os olhos e não achei um porque de sua existencia, como tambem não achei para a minha.Sai da intenet. Desliguei o computador insistentemente sem perceber o intuito de meu pai de tambem usar. Fui tomar banho sob protestos e resmungos deste. Liguei o choveiro. As lagrimas cairam juntamente com a água. Meus olhos já não estavam mais abe…

Não se aproxime !

Tudo é tão branco e sem razão Não é um quarto, é uma prisão E eu estou aqui tentando sair em vão E nem que eu tente acordar Não há como me concentrar Pois o que passou marcou demais meu coração E nada poderá mudar O meu destino que é vagar Pelo meu quarto vendo o teu semblante Tudo que eu não quero lembrar Memórias custam a apagar Daria tudo pra ser como antes Pra mim... E quando eu tento apagar Da minha mente o que vivi Não resta nada pra me tornar feliz E aí eu tento aceitar Que assim vai ser melhor pra mim Mas não da para acreditar Não dá... E se algum dia eu me livrar Eu não irei comemorar Pois estaria atestando a desistência Mas eu não posso aceitar Ficar aqui nesse lugar Ouvindo a voz da consciência que me diz Que nada poderá mudar O meu destino que é vagar Pelo meu quarto vendo o teu semblante Tudo o que eu não quero lembrar Memórias custam a apagar Daria tudo pra ser como antes E nada poderá mudar O meu destino que é vagar Pelo meu quarto vendo o teu semblante Tudo o que eu nã…

Primeira Postagem !

Bom, acabei de montar esta pagina na intenet com o intuito de tornar menos tediosa minha vida de plastico; espero que me seja de bom proveito e que vocês que passarem por aqui possam se interessar pela a minha vida o suficiente pra passar aqui sempre e fazer comentarios (eu vivo disso). Acredito que o esquema da primeira postagem seja se descrever, porém não consigo me auto identificar, .. meu amigo emogay fez por mim : odeio falcidade, adoro chocolate . eu sei eu sei .. CHOCANTE !
aa espero que se divirtam com as minhas burrices ! só pra avizar: todos que passarem são bem vindos e podem demonstrar suas opniões como quizérem .. meus amigos principalmente \o caso acharem esse link por acaso .. é só pedir mais informações sobres paginas aleatórias ;} um grande beijo ,*