Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2009

Poeta

a cada vislumbre luminoso de sol nasce um poeta
e toda nota ou silaba transformada em musica e palavras é uma aparição milagrosa de tudo que ele significa
eu sei, que todo pensamento só é pensado uma vez
sei tambám que reescrever o que já foi escrito não sai mais legal do que era antes
é por isso que quando se enxerga com os olhos de um poeta
a tal musa inspiradora te cega os olhos, te faz esquecer de todo o resto
é por isso que eu fecho os olhos como sempre fiz para evitar lembrar do que eu sempre faço no final
para datilografar sem erros todo aquele instante de compreensão superficial
eu perco meus próprios papéis, e as vezes me arrependo de tudo que não fiz
eu acredito que os poetas absorvem seus poemas indigestos só depois de um tempo
depois de achar outro para substituir, pra permitir-se vislumbrar novamente o mar
para deixar escapar novamente um novo velho suspiro
para denovo fechar os olhos e esquecer
eu já me decepcionei muitas vezes em acordar, eu já estraguei trocentas vezes o que me …

nãopenseinumtitulo.com

eu tenho a religião esquisofrenica de falar com os meus objetos e animais .as pessoas formam grupos, criam lendas pra si mesmas, guardam histórias em quadrinhos para contar para os filhos e netos, como se poupassem do mundo seus troféus mais luminosos e suas vitórias mais malignas.eu não ligo pra classe social, nem conjuntos habitacionais extremamente deslocados, eu prefiro ficar sentada estupefata admirando um reflexo sem cor e sussurrando palavras sem nexos e musicas sem melodia no ouvido de mim mesma.eu observo como se não fizesse diferença, nem tivesse importância .. eu me calo com os olhos e bocas fechados para que não precise presenciar nem respirar o mesmo ar que eles .as suas cicatrizes não me trazem dor, e o narcisismo inverso que eu cultivo dentro de mim não se perturba com sua aliança e aparência deslumbrante ..eu não fiz escolha alguma, apenas acabei aqui, ditando e escrevendo palavras que não significam nada do que eu penso, respirando e juntando cada frase errada que min…

Jake

-
o cheiro doce dos pinheiros molhados cantando junto ao barulho do vento não te incomoda quando você esta de olhos fechados, até as passadas absurdas de um veiculo sem motorista já não te assustam mais ..
do outro lado da janela, a chuva te diz para ter medo, para não dormir enquanto estivermos tão perto de um desfiladeiro, eu posso sentir daqui o gosto amargo da despedida enquanto sinto a presença dele, o gosto metálico do coração dele se partindo.
eu teria muito prazer em encontrar-lo perdido no meio da estrada, como as patas molhadas e o pelo cor de eucalipto cheirando a lama, eu dormiria cruelmente feliz em uma noite ao lado do meu lobisomem particular, do meu Jacob Black finalmente real, é loucura pensar que posso escapar disso .. e mais tensos meus tendões ficam quando penso que posso esquecer, porque já me disseram que seria mais fácil com ele .. que seria mais fácil sorrir e não precisar ensaiar meus diluvios de felicidade, porque a todo tempo eu me encontro afogada nisso .. ine…

martini

as coisas da minha vida estão morrendo e se reconstituindo, mas a reconstituição não é o que eu quero .. já que no chão estamos, aqui vamos ficas ;}
estava sem internet .
____________________________________________________________________

-

geralmente quando você chega em casa o gosto amargo de mais um dia difícil te recebe com mais uma noite de insónia .
um prato vazio e outro cheio na mesa, nem as moscas vão querer, mas pra você não faz diferença.
a vista alcoolizada de uma janela sem vidro insiste em embaçar, o diluvio lacrimal que escorre das bochechas ao seu pescoço vermelho de raiva, atiçando a sexualidade do energumeno que olha e dorme com você todas as noites .. você não pode pensar que ele não tentou.
esperando que você fosse menos feliz com seu maço de cigarros e um bloco de papel embolorado ..
na mesa da sala estão estampadas frases e promessas que já não fazem nenhuma diferença acompanhadas de um porém.
e uma cama fria e umida desenhada no centro do quarto obscurecido pela sua pr…