Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2011

esquecimento

aquela caixinha vermelha no canto do quarto, imóvel, deficiente, carente e apesar da cor vibrante, imperceptível. assim acontece na vida da gente, os dias vão passando, as horas .. e aquilo que gostávamos tanto acabamos por deixar de lado, pensando cada vez menos, notando cada vez menos, substituindo.
o esquecimento é doloroso para alguns, para outros é necessário. não sei medir ao certo o que prefiro, mas é dessa maneira que acontece, sem querer.
eu costumava me agarrar a lembranças que guardo até hoje no peito, mas quem disse que este também não é uma armadilha ? tanto carinho, tantas recordações, tantas coisas fui empurrando para dentro de meu coração que os objetos antigos, as quinquilharias, ele colocou dentro de uma sacola e jogou fora sem me contar. as vezes nem me dou conta do espaço vazio, outras o inexistente arde dentro do meu peito como uma ferida que não consigo encontrar.
Não é maldade do meu inconsciente fazer isso, é só necessidade, reciclar sempre a vida, renovar.
sabe aq…