Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2012

(não) Rebobine, por favor

Quando estamos a sós com nós mesmos, pensando em tudo que foi e o que há de ser, uma série de duvidas e lembranças começam a pairar em nossa mente, e isso as vezes é irremediável. Um velho ditado diz que "se não aprendemos no amor, aprendemos na dor " mas essas palavras e até mesmo esse conceito, tem suas falhas. A questão está em atitudes que muitas vezes tomamos e que nos proporcionam crescimento, mas ai está problema : crescemos diante de tal situação, analisamos novos ângulos a respeito da mesma e assim aprendemos a lidar com o respectivo acontecimento, porém, é injusto com nós mesmos, seres humanos .. nos candidatar a repetições e atitudes antes já tomadas, só porque " conhecemos " o enredo de tal história, penso que essas ações acabam sendo reflexo de falta de coragem e por mais que possam aparentar diferenças acabam repletas de infelizes similaridades.

Nos tornamos covardes demais para seguir em frente, deixamos de acreditar no desconhecido para conviver com…

escrito em 7 de janeiro de 2012, previsão.

Sabe aquela coisa amarga que nasce dentro da gente, a partir de uma ideia mal resolvida ou uma lágrima que a muito não caia, ou quem sabe os dois até. Aquela vontade imensa de juntar tudo e jogar no cesto de roupa suja, lavar, tingir, esquecer, verbos freneticamente conjugados. Eu tenho mania de idealização, fico imaginando como aquela ocasião poderia acontecer de maneira grandiosa, qual frase seria oportuna pra desatar certos encantos da vida, qual pessoa podia aparecer, naquele lugar de surpresa, para arrancar um sorriso dos meus lábios. Logo que penso assim, recolho-me, alimento a certeza de que “ descobrindo “ como o destino vai agir, ele acaba por ser modificar e tirar de mim uma felicidade repentina, mas que por culpa minha deixou de ser inesperada. Eu tenho coisas importantes à fazer, fico procastinando, coisas importantes pra mim .. coisas importantes pros outros, deixo tudo pra depois. Aquele livro que eu sei que vai me amadurecer tanto continua na estante, aquela conversa …